bwin

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
COMUNICAÇÃO

Baile de Carnaval alegra crianças no Oncológico Infantil

Localidade: Diversas localidades
10/02/2018 17h02
">
Quando os primeiros chapéus coloridos começaram a surgir e o som dos tambores passou a ecoar pelos corredores do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, portas dos quartos começaram a se abrir revelando rostos curiosos para ver que movimento diferente era aquele. Toda aquela animação vinha do Arraial do Pavulagem que, assim como faz em seus cortejos pelas ruas de Belém, literalmente arrastou as crianças e adolescentes em tratamento no Oncológico Infantil, para o tradicional Baile de Carnaval da unidade, que é gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). FOTO: ASCOM / HOIOL DATA: 10.02.2018 BELÉM - PARÁ
Foto: ASCOM HOIOL
">
Quando os primeiros chapéus coloridos começaram a surgir e o som dos tambores passou a ecoar pelos corredores do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, portas dos quartos começaram a se abrir revelando rostos curiosos para ver que movimento diferente era aquele. Toda aquela animação vinha do Arraial do Pavulagem que, assim como faz em seus cortejos pelas ruas de Belém, literalmente arrastou as crianças e adolescentes em tratamento no Oncológico Infantil, para o tradicional Baile de Carnaval da unidade, que é gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). FOTO: ASCOM / HOIOL DATA: 10.02.2018 BELÉM - PARÁ
Foto: ASCOM HOIOL
">
Quando os primeiros chapéus coloridos começaram a surgir e o som dos tambores passou a ecoar pelos corredores do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, portas dos quartos começaram a se abrir revelando rostos curiosos para ver que movimento diferente era aquele. Toda aquela animação vinha do Arraial do Pavulagem que, assim como faz em seus cortejos pelas ruas de Belém, literalmente arrastou as crianças e adolescentes em tratamento no Oncológico Infantil, para o tradicional Baile de Carnaval da unidade, que é gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). FOTO: ASCOM / HOIOL DATA: 10.02.2018 BELÉM - PARÁ
Foto: ASCOM HOIOL
">
Quando os primeiros chapéus coloridos começaram a surgir e o som dos tambores passou a ecoar pelos corredores do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, portas dos quartos começaram a se abrir revelando rostos curiosos para ver que movimento diferente era aquele. Toda aquela animação vinha do Arraial do Pavulagem que, assim como faz em seus cortejos pelas ruas de Belém, literalmente arrastou as crianças e adolescentes em tratamento no Oncológico Infantil, para o tradicional Baile de Carnaval da unidade, que é gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). FOTO: ASCOM / HOIOL DATA: 10.02.2018 BELÉM - PARÁ
Foto: ASCOM HOIOL
Quando os primeiros chapéus coloridos começaram a surgir e o som dos tambores passou a ecoar pelos corredores do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, portas dos quartos começaram a se abrir revelando rostos curiosos para ver que movimento diferente era aquele. Toda aquela animação vinha do Arraial do Pavulagem que, assim como faz em seus cortejos pelas ruas de Belém, literalmente arrastou as crianças e adolescentes em tratamento no Oncológico Infantil, para o tradicional Baile de Carnaval da unidade, que é gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). FOTO: ASCOM / HOIOL DATA: 10.02.2018 BELÉM - PARÁ <div class='credito_fotos' id=Foto: ASCOM HOIOL   |   Download
">
Quando os primeiros chapéus coloridos começaram a surgir e o som dos tambores passou a ecoar pelos corredores do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, portas dos quartos começaram a se abrir revelando rostos curiosos para ver que movimento diferente era aquele. Toda aquela animação vinha do Arraial do Pavulagem que, assim como faz em seus cortejos pelas ruas de Belém, literalmente arrastou as crianças e adolescentes em tratamento no Oncológico Infantil, para o tradicional Baile de Carnaval da unidade, que é gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). FOTO: ASCOM / HOIOL DATA: 10.02.2018 BELÉM - PARÁ
Foto: ASCOM HOIOL
Quando os primeiros chapéus coloridos começaram a surgir e o som dos tambores passou a ecoar pelos corredores do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, portas dos quartos começaram a se abrir revelando rostos curiosos para ver que movimento diferente era aquele. Toda aquela animação vinha do Arraial do Pavulagem que, assim como faz em seus cortejos pelas ruas de Belém, literalmente arrastou as crianças e adolescentes em tratamento no Oncológico Infantil, para o tradicional Baile de Carnaval da unidade, que é gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). Na foto, a terapeuta ocupacional Suzana Loureiro. FOTO: ASCOM / HOIOL DATA: 10.02.2018 BELÉM - PARÁ <div class='credito_fotos' id=Foto: ASCOM HOIOL   |   Download
">
Quando os primeiros chapéus coloridos começaram a surgir e o som dos tambores passou a ecoar pelos corredores do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, portas dos quartos começaram a se abrir revelando rostos curiosos para ver que movimento diferente era aquele. Toda aquela animação vinha do Arraial do Pavulagem que, assim como faz em seus cortejos pelas ruas de Belém, literalmente arrastou as crianças e adolescentes em tratamento no Oncológico Infantil, para o tradicional Baile de Carnaval da unidade, que é gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). Na foto, a terapeuta ocupacional Suzana Loureiro. FOTO: ASCOM / HOIOL DATA: 10.02.2018 BELÉM - PARÁ
Foto: ASCOM HOIOL
mais galerias de fotos
bwin Mapa do site