bwin

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
TRANSPORTE

Estado investe mais de R$ 9 milhões em obras de infraestrutura no interior

Por Redação - Agência PA (SECOM)
12/12/2017 00h00

O governo do Estado fará um investimento de mais de R$ 9 milhões por meio de convênios firmados com cinco prefeituras paraenses para a execução de obras de infraestrutura, como recuperação de estradas, vicinais, vias urbanas, terminal hidroviário e construção de pontes. Os trabalhos serão desenvolvidos pela Secretaria de Transportes (Setran) e beneficiam os municípios de São Félix do Xingu, Rio Maria, Curralinho, Inhangapi e Senador José Porfírio.

Em São Félix do Xingu, no sudeste paraense, as obras contemplam a recuperação da pista de pouso do aeródromo do Distrito Sudoeste, na zona rural do município, e a locação de máquinas que serão utilizadas na restauração de vias públicas da comunidade. Os convênios feitos com esta finalidade somam R$ 245.934,44 em recursos, sendo R$ 216.422,30 de contrapartida do governo do Estado.

Outras obras já estão em andamento no município, como o recapeamento da Avenida Rio Xingu, a reforma do aeroporto municipal e a retomada da segunda etapa dos trabalhos de recuperação da PA-279, em um trecho de 100 quilômetros que fazem ligação com o município de Tucumã. O secretário de Estado de Transportes, Kleber Menezes, anunciou que até o fim de fevereiro de 2018 também estará consolidado o projeto executivo para construção da ponte sobre o rio Fresco.

A prefeita de São Félix do Xingu, Minervina Barros, lembra que todos estes investimentos impactam direta e positivamente na logística da produção local. “O projeto de construção da ponte sobre o rio Fresco é um sonho antigo da população, pois isso possibilitará o crescimento da economia do nosso município. Do transporte escolar ao transporte do minério e do gado que vai para o frigorífico, os benefícios serão sentidos em vários aspectos. Este talvez seja o maior investimento feito pelo governo do Estado até hoje em nosso município”, comemorou a gestora.

Sul do Pará – Em Rio Maria, no sul do Pará, os convênios possibilitarão a recuperação da vicinal que liga a BR-155 ao município de Bannach. De acordo com o prefeito Francisco Paulo Barros Dias, o “Paulinho”, a maior extensão da estrada (95%) está localizada no território de Rio Maria. “Recebemos muitos moradores de Bannach, que é uma região com grande potencial agropecuário, e de onde vem boa parte da carne que abastece os nossos frigoríficos”, destaca o prefeito, acrescentando que no projeto de recuperação da Vicinal de Bannach, orçado em R$ 5 milhões, estão incluídas a construção de pontes de concreto e a retirada de curvas que tornavam a via perigosa, de maneira a facilitar o escoamento da produção.

“Bannach é o único município que não está interligado às malhas estadual e federal, daí a importância desse replanejamento do sistema viário, que vai corrigir essa falha”, explica  o titular da Setran. A manutenção da estrada vem sendo feita pelo governo do Estado há muito tempo. Agora a recuperação será feita integralmente por meio do convênio com a prefeitura municipal”, destacou Kleber Menezes.

Terminal Hidroviário – A situação de improviso que se constata atualmente no Terminal Hidroviário de Curralinho está com os dias contados. O convênio assinado pela prefeitura municipal com o governo do Estado para a recuperação estrutural do equipamento vai garantir mais conforto e segurança a quem chega e sai do município marajoara por via fluvial.

De acordo com a prefeita de Curralinho, Alda Aires da Costa, o investimento na recuperação do terminal soma mais de R$ 300 mil. “Hoje o trapiche é improvisado, o que coloca a população em risco permanente, principalmente em época de chuva. Por isso me sinto muito feliz em assinar este convênio, além de grata por todo o apoio que o governo do Estado tem dado ao nosso município”, informou a gestora.

Interligação regional – Para o governo do Estado, a descentralização de determinadas ações é fundamental para otimizar o uso dos recursos públicos. “Achamos mais interessante apostar na descentralização, porque ninguém melhor do que o gestor municipal e os próprios cidadãos para indicar os pontos críticos a serem atendidos. Por mais que tenhamos o suporte técnico e a expertise, só quem vive o dia a dia dessas estradas é que conhece as reais necessidades do setor”, defendeu o secretário de Transportes.

A opinião de Menezes refere-se à celebração de convênio com a Prefeitura de Inhangapi, no nordeste paraense, para a execução de serviços de conservação de 24,3 quilômetros da PA-420, no trecho que vai do entroncamento da PA-136 à PA-127, e de outros 27,9 quilômetros da PA-460, no trecho entre o entroncamento da PA-136 e a PA-140. Os recursos estaduais aplicados nessa frente de obras somam R$ 4.627.743,04, cabendo à prefeitura a responsabilidade de complementar esse montante com R$ 192.822,63

Egilásio Alves Feitosa, prefeito de Inhangapi, destacou a importância das duas rodovias para o município. “Todas as nossas vicinais encontram a PA-460 ou a PA-420. Então, a utilização dessas vias é diária, constante. Por elas escoa a produção do açaí, do gado bovino e da agricultura familiar, sem falar no transporte de estudantes que moram na zona rural”, afirmou.

Os recursos provenientes desse convênio também possibilitarão a interligação dos municípios de Inhangapi, Santa Isabel do Pará e São Domingos do Capim por meio de uma via paralela à BR-316. “As obras vão facilitar o escoamento da produção de dendê e de gado, que hoje está franco crescimento na região, e, sobretudo, a mobilidade de quem precisa se deslocar entre esses municípios. Celebramos esses convênios em um momento crucial, visto que se aproxima o inverno, período de maior preocupação para quem trafega nas estradas. De nossa parte, faremos o possível para que o processo licitatório transcorra de forma célere”, asseverou o titular da Setran. 

bwin Mapa do site