bwin

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
CIÊNCIA

Governo do Estado investe em iniciativas que aproximam estudantes da tecnologia

No PCT Guamá, startup oferece bolsas para a Jornada Coders, destinadas a alunos da rede pública de ensino

Por Carol Menezes (SECOM)
14/04/2023 13h00

Em Belém, a startup Coders4Future, associada ao Parque de Ciência e Tecnologia (PCT) Guamá, pela primeira vez oferta 70 bolsas para alunos da rede pública de ensino, vinculados a escolas, institutos técnicos ou universidades, para cursar a Jornada Coders, dedicada a formar programadores aptos ao mercado de trabalho.

Os interessados devem se inscrever no site coders4future.com até o dia 14 de abril, e enviar comprovação de vínculo com a instituição pública. A prova está prevista para o dia 16 deste mês. Os classificados nessa etapa serão chamados para entrevistas.

A Coders4Future é uma startup paraense que visa formar novos desenvolvedores, para suprir a alta demanda do mercado por esses profissionais, ao auxiliar o processo de ensino e aprendizado da tecnologia com metodologia dinâmica.

O certame é mais uma iniciativa do governo do Estado para promover o uso de tecnologias na educação, e a própria educação tecnológica, por diversos meios, seja com o PCT ligando empresas e startups à sociedade civil; com o Programa “Web Escola”, lançado pelo Estado em novembro de 2022, ou por iniciativas nos ensinos fundamental e médio.

"O PCT é um bom exemplo de ambiente promotor de informação porque acaba congregando para interação, qualificação e melhoria da qualidade da educação tecnológica. O PCT tem uma Escola Técnica residente, que é a Celso Malcher, próxima ao Parque, e tem a convergência de várias iniciativas que se somam. Há iniciativas da própria Sectet que aprimoram a educação, como o Espaço Make e a Caravana da Ciência, que estimulam desenvolvimento dos jovens quando eles passam a pensar em soluções para atender as problemáticas sociais", explica Milksom Campelo, coordenador de Prospecção, Transferência e Tecnologia de Negócios da Fundação Guamá, responsável pela gestão do PCT.

Tecnologia na prática - Dentro do Núcleo de Tecnologia Educacional (NTE), da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), foi criado o Clube de Robótica em 2019, que incentiva o contato dos estudantes com a temática tecnológica na prática. Aluna da Escola Estadual Albanízia de Oliveira Lima, Emilly Trindade, 16 anos, integra o Clube, e conta que sempre se interessou pelo assunto. Por isso, não perdeu tempo quando soube da existência do NTE. "Penso em ingressar nas áreas de tecnologia; quero cursar Engenharia Mecatrônica. Acho muito importante esse incentivo dentro da escola, porque muitos não sabem o que querem estudar no futuro, e essa é uma boa chance de se interessar por algo", diz a estudante.

Aos 17 anos, Rodolfo Nunes, alunos da mesma escola, é um dos veteranos do Clube, e como está no último ano do ensino médio vai deixar o grupo.

"Ter entrado no NTE mudou totalmente a minha perspectiva de mercado, do que queria para o futuro. A gente aprende a mexer com coisas do cotidiano na robótica. Foi muito bom para mim. Comecei bem novo e estou saindo feliz e grato; mudou minha vida. E nós somos incentivo para outros alunos. Mostramos o quanto é importante aproveitar a oportunidade de aprender não só na sala de aula", afirma Rodolfo.

Rafael Herdy, professor e coordenador do NTE, informa que o estímulo aos estudantes já resultou em participações em eventos nacionais e mundiais sobre robótica.

"Eles representam suas escolas em programações científicas e torneios. Aprendem na prática conceitos que veem em sala de aula, conceitos de Engenharia, Física, Química, e aprendem programação também. Anualmente, participam do First Lego League, maior competição de robótica do mundo, que tem etapa em Belém, e de lá eles já voltaram com muitos resultados positivos", destaca o professor.

bwin Mapa do site