bwin

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
CADASTRAMENTO

Instituto de Terras realiza ação de regularização fundiária urbana no bairro Jaderlândia II

Serviço vai beneficiar 380 famílias garantindo a segurança jurídica dos imóveis

Por Denise Soares (SECOM)
30/08/2023 08h00

Dona Ocir Barroso de Lima já tem planos do que fazer com o documento da casa onde mora há 40 anos. Os cinco netos da pensionista serão os beneficiados. “Eu tô feliz porque vou pegar o documento e vou no cartório para deixar como herança para eles. Morando aqui todo esse tempo, agora que vou ter o documento tão esperado da minha casa. É maravilhoso”, comemora. 

O Instituto de Terras do Pará (Iterpa) estima que 380 famílias sejam beneficiadas com o serviço de regularização fundiária, no bairro Jaderlândia II, em Ananindeua, onde técnicos identificados fazem o cadastro de imóveis e garantem o georreferenciamento das áreas das residências. A ação vai até o dia 15 de setembro. 

Ocir Barroso de Lima comemora regularização de imóvel onde vive com a família há 40 anos“Temos um ponto de apoio no centro comunitário para informações, mas as equipes do Iterpa vão de casa em casa nos lotes selecionados para o cadastramento das famílias no aplicativo SICARF. É tudo digitalizado, sem retenção de documentos. Após o cadastramento, fazemos as medições de cada propriedade”, explica Susany Nery, que trabalha na coordenação da Regularização Fundiária Urbana (REURB) do Iterpa. 

A ação de regularização fundiária urbana faz parte do programa “Vamos regularizar” promovido pelo Governo do Estado, em parceria com a prefeitura. O trabalho já entregou 700 títulos de propriedade no bairro da Guanabara, na última etapa da ação. Outros documentos serão entregues ainda neste semestre no bairro. 

“A regularização fundiária traz segurança jurídica para o cidadão. Já tem o pertencimento emocional, mas falta o pertencimento real, que é a propriedade, conseguir o registro no cartório de imóveis, receber o título no nome da pessoa. Isso valoriza o imóvel, se quiser vender, já tem um valor agregado porque já tem o registro”, reforça Susany Nery. 

Suzany Nery é coordenadora de RegularizaçãoA dona de casa Cristiane Maia recebeu a visita dos técnicos do Iterpa e finalizou a primeira etapa do processo, que foi o cadastro dos documentos do imóvel. Tudo sem sair de casa. “Há trinta anos que eu moro aqui, então fiquei muito feliz porque esperava há muito tempo pelo título. Não vou ter custo e é tudo rápido, sem sair de casa. É muito importante ter esse título. É uma benção mesmo”, comenta. 

O próximo bairro a receber ações do programa “Vamos regularizar” é o Jaderlândia I, além dos municípios de Benevides, Santa Isabel e Castanhal, conforme planejamento do Iterpa.

Serviço: Moradores do bairro podem procurar o Centro Comunitário João Paulo II, na Rua C, n.58-A, entre São Benedito e Rua E, de segunda à sexta de 8h às 12h, até o dia 15 de setembro, para tirar dúvidas sobre o serviço de regularização fundiária.

bwin Mapa do site