bwin

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
CULTURA E MEIO AMBIENTE

1º “Dança Utinga” movimenta o Parque Estadual com atividades culturais e sustentáveis

Mais de 300 pessoas participaram da programação que contou com aulão de dança e distribuição de mudas

Por Vinícius Leal (IDEFLOR-BIO)
20/11/2023 14h47

O Parque Estadual do Utinga “Camillo Vianna” foi palco, no domingo (19), de uma ação especial que uniu dança, natureza e conscientização ambiental: o 1º “Dança Utinga”. Promovido pela Cia. Cabanos, em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (Ideflor-Bio), o evento reuniu mais de 300 pessoas em uma programação diversificada.

Uma área foi especialmente preparada no estacionamento da Unidade de Conservação (UC) para um aulão de dança com a presença de Rolon Ho, campeão do quadro Dança dos Famosos, do programa Domingão com Huck, da TV Globo. O renomado dançarino compartilhou sua técnica e talento com o público, animando a todos com coreografias contagiantes.

Além da diversão proporcionada pela dança, a programação também teve um aspecto sustentável. Ao final do evento, os participantes receberam mudas de espécies nativas da Amazônia, como forma de incentivar o plantio e a preservação da flora local. A iniciativa buscou conscientizar o público sobre a necessidade de promover ações práticas que contribuam para a conservação da biodiversidade.

Cooperação - O diretor da Cia. Cabanos, Rolon Ho, ressaltou a importância da parceria com o Ideflor-Bio para a realização do evento. “Nosso objetivo é unir cultura e meio ambiente, mostrando que é possível se divertir e ao mesmo tempo contribuir para a preservação da natureza. O Parque Estadual do Utinga é um local emblemático para a cidade de Belém e queremos incentivar cada vez mais a sua valorização”, destacou.

Já o presidente do Ideflor-Bio, Nilson Pinto, elogiou a iniciativa e ressaltou a importância de eventos como esse para fomentar na população à conscientização ambiental. “É fundamental que a sociedade esteja engajada na preservação do nosso patrimônio natural. Eventos como esse são uma forma de sensibilizar as pessoas e mostrar que cada um pode contribuir para a conservação da Amazônia”, afirmou.

Para o gerente da Região Administrativa de Belém, Ellivelton Carvalho, a 1ª edição do “Dança Utinga” foi considerado um sucesso de público e de conscientização ambiental. “Essa programação mostrou que é possível promover atividades de lazer e entretenimento de forma sustentável no Parque Estadual do Utinga. Que eventos como esse se multipliquem, inspirando cada vez mais pessoas a cuidar e valorizar a natureza ao seu redor”, enfatizou. 

bwin Mapa do site