bwin

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
CONCURSO

Prova para concurso do Corpo de Bombeiros Militar do Pará teve mais de 3.600 participantes

A consulta individual dos resultados da prova objetiva começa às 19h da próxima terça-feira (9) e ficará disponível até às 18h do dia 16 de janeiro

Por Governo do Pará (SECOM)
07/01/2024 16h27

O Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad), realizou neste domingo (7), as provas para o concurso público do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Pará (CBMPA). O certame foi para preencher 120 vagas no curso de formação de oficiais (CFO). Mais de 3.600 candidatos fizeram a prova. 

A empresa organizadora do concurso é o Cebraspe - Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos, que é responsável pelo planejamento, organização, realização, processamento e resultado final para homologação do concurso público, seleção de candidatos e formação de cadastro reserva, bem como toda logística necessária à execução dos serviços.

"O concurso aumenta o quadro de efetivos do Corpo de Bombeiros Militar. É um importante incremento para a segurança do Estado, mas também para o comprometimento do atual governo em proteger e bem-estar dos cidadãos paraenses. Em 2022, o Pará abriu concurso para o Corpo de Bombeiros Militar, com 405 vagas. Agora, vamos fazer um grande concurso no Corpo de Bombeiros, com 1943 vagas para praças e oficiais. Isso mostra o empenho em prover os recursos para melhorar a segurança e garantir a excelência nos serviços prestados à comunidade", disse Elieth de Fátima Braga, titular da Seplad.  

O certame de hoje (7) é o segundo realizado para o CBMPA. O último aconteceu em 2022 e ofereceu 405 vagas para o cargo de praça. 

"Muitos querem fazer um concurso para trabalhar em uma profissão que ajuda a salvar vidas. Além disso, esses novos militares serão um reforço para substituir os bombeiros que já trabalhavam muito tempo e agora estão aposentados. Que esse capítulo traga o desejo de servir a sociedade nas funções de um Bombeiro Militar, seja na água, na terra ou no ar", disse Jayme de Aviz Benjó.

As provas contaram com questões objetivas e de redação, que exigiam conhecimentos específicos da área escolhida. O concurso foi realizado em várias cidades, incluindo Altamira, Belém e Região Metropolitana, Itaituba, Marabá, Redenção e Santarém. 

Jaqueline Rodrigues estava animada e otimista. "Tenho boas expectativas, a corporação precisa de um quadro de profissionais bem específicos e eu espero que a prova realmente venha a selecionar os candidatos com esse perfil. Como as matérias cobradas mudaram nesse último concurso eu tentei estudar as que não tinham sido cobradas ainda, busquei dar uma aprofundada e ir mantendo o conhecimento que eu já tinha antes", contou a concurseira. 

A consulta individual dos resultados da prova objetiva começa às 19h da próxima terça-feira (9) e ficará disponível até às 18h do dia 16 de janeiro. 

Edwilson Queiroz é um sargento da Força Aérea Brasileira e está se preparando para a prova desde que foi divulgado o edital. "Desde que o edital saiu, eu trabalhei para me preparar o mais rápido possível. Eu espero que tudo ocorra bem e eu consiga fazer uma boa prova, disse o candidato. 

Critérios - As nomeações são condicionadas ao preenchimento dos requisitos do edital, como a ordem final de classificação dos candidatos aprovados, a necessidade de serviço e à disponibilidade orçamentária-financeira do Estado.

Texto: Pedro Fiel (Seplad)

bwin Mapa do site