bwin

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
FOMENTO

Governo lança I Circuito e IV Feira Estadual do Artesanato Paraense

Por Redação - Agência PA (SECOM)
21/10/2015 11h56

Cerca de 200 artesãos de quinze entidades relacionadas ao artesanato paraense em diversas regiões do Estado participaram, na noite desta terça-feira (20), do lançamento oficial do Circuito Paraense do Artesanato e da IV Feira Estadual do Artesanato (Fesarte). O evento é organizado pelo governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), como parte integrante da Ação de Apoio à Produção e Comercialização do Artesanato Paraense.

"Mais do que um evento, o Circuito constitui um canal de diálogo permanente com todas as pessoas que atuam nesse segmento e deste com outros setores e instituições que se relacionam com a produção artesanal sem necessariamente desenvolver essa arte”, definiu o titular da Seaster, Heitor Pinheiro, durante o lançamento oficial do Circuito Paraense.

Os diferenciais no modelo e dinâmica de exposição dos trabalhos que irão compor a programação serão o grande diferencial do Circuito. As obras serão reunidas e dispostas em uma grande cúpula forrada por uma cobertura em tecido onde serão projetados, durante todo o período da exposição, vídeosdocumentários que mostram a trajetória de grandes mestres paraenses e o todo o processo de elaboração das peças, etapa a etapa.

“Além da função didática existe o estímulo pelo consumo, que leva o consumidor a adquirir aquilo com o que ele se identifica ou conhece. No espaço serão dispostos vários 'pufs' (bancos estofados) onde o visitante poderá contemplar de forma mais detalhada as imagens projetadas na cúpula”, explica o coordenador cultural do Circuito Paraense do Artesanato, Yuri Vidal, ao destacar, ainda, a importância do artesanato para o fortalecimento da economia paraense por meio da geração de trabalho e renda.

A estratégia usada para atrair o público foi aprovada pela representante da Associação dos Artesãos dos Brinquedos de Miriti de Abaetetuba (Asamab), Gercina Brandão, ao definir a importância desse tipo de evento para a integração profissional e fortalecimento das vias de comercialização do artesanato paraense. "As feiras divulgam o produto e isso é essencial para gerar receita e fazer da nossa arte fonte de renda. Sem falar na qualificação que conseguimos a partir do momento que interagimos com outros profissionais. Então quanto mais o evento for capaz de atrair o público, maior é a possibilidade de alcançarmos as metas estabelecidas em termos de divulgação, de vendas e de composição de negócios futuros." 

A primeira das quatro etapas do Circuito Paraense do Artesanato acontecerá em Castanhal, na Praça do Estrela, de 22 a 25 de outubro. As demais serão realizadas nas cidades de Santarém (12 a 16 de novembro) e Belém (12 a 20 de dezembro), que também terá características de evento internacional. O Circuito Paraense do Artesanato é coordenado pela Diretoria de Qualificação Profissional e Empreendedorismo (DQPE) e pela Coordenação de Empreendedorismo e Economia Solidária (CEES) da Seaster.

Dados do Instituto de Gemas e Jóias da Amazônia (Igama) mostram que o mercado do artesanato paraense cresceu 28% em 2014. O setor segue em alta também neste ano, que já contabiliza um crescimento de 20% só no primeiro semestre. Para se ter ideia de quanto o saldo tem sido positivo no Estado, o comércio varejista brasileiro, onde está incluído o setor de artesanato em âmbito nacional, cresceu 2,8% durante todo o ano de 2014.

"O Estado possui hoje 2.533 artesãos cadastrados, mas com certeza há bem mais pessoas envolvidas nessa atividade. Muitas vezes, seja pela distância ou pela falta de informação, esses profissionais sequer participam de eventos ou feiras. O desafio do governo do Estado é fazer com que essas pessoas também sejam incluídas na cadeia de produção, conhecimento e fortalecimento do patrimônio cultural do Estado”, finalizou Heitor Pinheiro.

bwin Mapa do site