bwin

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
EDUCAÇÃO

Projeto “Barco Literário” incentiva hábito da leitura em escola de Icoaraci

Por Redação - Agência PA (SECOM)
01/04/2015 19h33

Alunos da Escola Estadual de Ensino Fundamental Nossa Senhora de Fátima II, localizada no Distrito de Icoaraci, em Belém, participaram na manhã desta quarta-feira (1º) de atividades destinadas a incentivar o hábito da leitura, com o lançamento do projeto “Barco Literário: navegando em Belém das Letras". Houve apresentação de teatro de fantoches, música, vídeo e a participação do escritor Antônio Juracy Siqueira, um dos autores homenageados pelo projeto ao longo deste ano letivo.

Além de incentivar o hábito da leitura e melhorar a escrita dos alunos, o projeto tem como meta reverter o baixo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), que em 2011 chegou a 3.4. “Todas as nossas ações estão voltadas para a média do Ideb que queremos alcançar neste ano, de 4.3, já que a escola não participou da avaliação em 2013, por conta da greve”, informou a diretora da escola, Ana Virgínia Paraense.

Durante o lançamento do projeto, o escritor Juracy Siqueira foi apresentado aos alunos do turno da manhã. Segundo a diretora, essa interação com o autor facilita o aprendizado dos estudantes, que são estimulados em sala de aula. “Ele (Juracy) tem uma linguagem muito própria, além de ser um funcionário da Seduc (Secretaria de Estado de Educação) muito solícito”, acrescentou.

Outro homenageado do projeto é o escritor Jorge Paulino, que será apresentado aos alunos do turno da noite. “Ele é professor de Língua Portuguesa da nossa escola e tem uma linguagem mais poética. Por isso, será apresentado aos alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA)”, disse Ana Virgínia Paraense.

A programação agradou o estudante Gustavo dos Santos, 10 anos, aluno do 5º ano do Ensino Fundamental. Estimulado a ler pela professora de Educação Especial, Mônica Ponte, o jovem sempre leva livros para casa. “Gosto de ler muito, e todos os livros que levo têm histórias legais”, disse ele.

A professora Mônica Ponte destaca o desempenho de Gustavo na escola. “Ele é considerado um bom leitor. Lê com entonação e consegue fazer um paralelo entre as leituras que leva para ler em casa, o que acho super interessante”, frisou.

Durante todo o ano, os alunos serão estimulados a ler por meio das ações do projeto, planejadas na Jornada Pedagógica da escola. As ações de lançamento do “Barco Literário” da Escola Nossa Senhora de Fátima II prosseguem nos turnos da tarde e noite, com apresentações culturais, teatro de fantoches, apresentação dos vídeos “O Menino que aprendeu a ler” e “A importância da leitura”, além de um show musical com Jenifer e Douglas, técnicos da secretaria da escola.

bwin Mapa do site