bwin

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
EDUCAÇÃO

Escola Dom Pedro I mantém a preparação dos alunos para o Enem

Por Redação - Agência PA (SECOM)
30/03/2015 19h40

Há cinco anos matriculada na Escola Estadual Dom Pedro I, localizada no Conjunto Marex, em Belém, a estudante do 3º ano do Ensino Médio, Mayra Caroline, 16 anos, intensifica os estudos de preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a fim de conseguir uma vaga no ensino superior. Ela ainda não sabe se fará Psicologia ou Design de Interiores. No entanto, Mayra mantém o ritmo de estudos, e leva para casa os livros que acabou de receber da escola.

Segundo ela, o objetivo agora é aproveitar que as aulas não pararam para garantir boas notas na escola e, no segundo semestre, se matricular em um cursinho preparatório para o vestibular. “Eu acho legal que a equipe de professores da nossa turma está concentrada nas atividades voltadas para o Enem, utilizando exercícios das provas do ano passado, além dos livros do ano letivo que são muito importantes”, disse a estudante.

No mesmo ritmo de estudos, Francy Kelly, 16 anos, é colega de turma de Mayra. Matriculada há um ano na “Dom Pedro I”, Francy sempre estudou na rede pública, e destaca a qualidade do ensino na atual escola. Segundo ela, a instituição procura sempre envolver os jovens em atividades pedagógicas. “A escola se preocupa com o aluno pelo fato de não parar as aulas, priorizando o Enem”, disse a estudante, que vai tentar uma vaga no curso de Medicina em uma universidade local.

Sem paralisação - Segundo a diretora da escola, Juliana Correa, foi pensando nas provas do Enem, previstas para a primeira semana de novembro, que a equipe pedagógica decidiu não parar as aulas de todas as turmas do 3º ano do Ensino Médio. “Os professores usaram o bom senso para não prejudicar os alunos. Se houvesse paralisação, todo o conteúdo programado iria por água abaixo. Mas queremos ver os nossos alunos ingressando nas universidades, tornando-se bons cidadãos”, ressaltou.

A Escola Dom Pedro I mantém a tradição de não paralisar as aulas, mantendo o cronograma. Em 2013, as aulas só foram interrompidas por uma semana, para os alunos do Ensino Fundamental. “Os nossos alunos são privilegiados por contarem com uma equipe de professores qualificados, a maior parte mestres e doutores, que mantêm o compromisso com o trabalho em sala de aula”, reforçou a diretora.

Até 2012, a escola enfrentava problemas com evasão escolar. Um dos motivos era a adesão à paralisação dos servidores da educação. Com a nova gestão, o número de alunos aumentou, e hoje a escola tem quase 2000 estudantes matriculados. A maior parte das turmas está no Ensino Médio regular, mas há também duas turmas do Projeto Mundiar e uma do 9º ano do Ensino Fundamental. “Com a conclusão dessa última turma, vamos trabalhar somente com o Ensino Médio, em 2016”, disse Juliana Correa.

Projetos - Referência na comunidade, a Escola Dom Pedro I mantém vários projetos pedagógicos, que estimulam a interação dos alunos, além das atividades repassadas em sala de aula. Um deles é o “Momento Cívico”, criado para resgatar o civismo, o amor à pátria, o respeito à escola e ao patrimônio público. Já o projeto ‘Disciplina e Liberdade’ estimula o compromisso e o respeito que o aluno deve ter com ele próprio, os colegas e a escola. “O nosso aluno aprende que o intervalo da escola é um momento de bate-papo e descontração, aprende a usar o celular, a ter cuidado e respeito com o uniforme da escola e também a conservar o patrimônio público”, explicou a diretora.

A escola também desenvolve o programa “Mais Educação”, com oficinas de Letramento, Inglês, Matemática, Dança e Esporte e Lazer, e o projeto “Intervalo Cultural”, que funciona a cada 15 dias com apresentações artísticas no intervalo das aulas. O projeto deve ser ampliado, no segundo semestre, com a realização de um Festival de Música, que terá apresentação de músicas compostas pelos próprios alunos da escola.

bwin Mapa do site