bwin

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
AGRICULTURA

Feira reúne produção de floricultores do Baixo Amazonas

Por Redação - Agência PA (SECOM)
06/03/2015 15h37

Floricultores do oeste paraense se reúnem neste sábado, 7, e domingo, 8, para a primeira edição anual do Feira Flor Santarém. O evento, realizado pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), acontece em alusão ao Dia Internacional da Mulher, comemorado neste fim de semana. A feira estará aberta ao publico a partir das 9h até as 21h, no Mercado da Prainha, com exposição e comercialização de 18 agricultores.

Quem for ao espaço vai encontrar plantas ornamentais e flores tropicais, além de buquês que podem ser feitos de acordo com o gosto do cliente. Segundo dados da Emater, os preços praticados durante a feira estarão até 20% mais baratos que os praticados no mercado local. Por cada unidade de heliconia, shampoo ou alpínea, por exemplo, o cliente pagará R$ 3,00, mesmo valor pelo qual os visitantes poderão adquirir vasos ornamentais. Já os buquês serão comercializados a partir de R$ 15,00.

Segundo o agrônomo da Emater, Paulo Sérgio Campos de Melo, serão colocados à disposição do público mais de cem produtos. Todos os floricultores participantes do evento contam com a assistência técnica da Emater, trabalho que garantiu, nos últimos dois anos, um crescimento de quase 10% no comércio de flores em Santarém. “Novos agricultores tem se dedicado à atividade, além disso o campo de produção tem se estendido por conta do lucro que a floricultura garante”, observa.

Outra orientação da Emater é que a produção floral tenha agregação de valor. Um dos meios encontrados para isso é a produção de arranjos para todas as ocasiões. "Um arranjo de flores tropicais chega a durar mais de uma semana", lembra Paulo Sérgio. Toda a produção de arranjos que será exposta na Feira Flor é resultado de oficinas e capacitações oferecidas pela Emater aos floricultores. “Nossa expectativa é que tenhamos um espaço no mercado permanente para a comercialização de flores, e isto já está sendo negociado com a Secretaria de Agricultura de Santarém”, diz Melo.

bwin Mapa do site